El Viejo Almacen -Bs.As.

Surplus Approach

“Es necesario volver a la economía política de los Fisiócratas, Smith, Ricardo y Marx. Y uno debe proceder en dos direcciones: i) purgar la teoría de todas las dificultades e incongruencias que los economistas clásicos (y Marx) no fueron capaces de superar, y, ii) seguir y desarrollar la relevante y verdadera teoría económica como se vino desarrollando desde “Petty, Cantillón, los Fisiócratas, Smith, Ricardo, Marx”. Este natural y consistente flujo de ideas ha sido repentinamente interrumpido y enterrado debajo de todo, invadido, sumergido y arrasado con la fuerza de una ola marina de economía marginal. Debe ser rescatada."
Luigi Pasinetti


ISSN 1853-0419

Entrada destacada

A 80 años de la "Teoría General" de Keynes ¿El ahorro se puede "canalizar" hacia la inversión?

 por Alejandro Fiorito* Hace unos dias el presidente del BCRA , Adolfo  Sturzenegger afirmó: “ Sustituimos consumo por ahorro”.  ...

28 nov. 2014

Palestra do prof Marc Lavoie: Wage-led Growth an Equitable Growth Starategy




O Centro Celso Furtado, por intermédio do seu Observatório da Economia Latino-Americana, receberá no próximo dia 4 de dezembro, quinta-feira, das 16h às 18h, o professor Marc Lavoie, da Universidade de Ottawa, que fará uma palestra sobre Wage-led Growth an Equitable Growth Starategy.

A palestra tratará de aspectos relativos a um estudo recém-realizado pelo autor, em parceria com nove outros economistas, para o International Labour Office (ILO). Alguns elementos desse estudo foram incorporados no Global Wage Report, do ILO de 2012-13. Um aspecto central da palestra do próximo dia 4 de dezembro é o cuidado que se deve ter ao se distinguir uma estratégia wage-led (ou políticas pró trabalho) de um regime wage-led (o impacto favorável do crescimento da parcela do salário na renda). O estudo em questão vai além da visão microeconômica do crescimento do salário como sendo um custo, o que tem consequências negativas; e considera, por outro lado, sua dinâmica macroeconômica positiva, como fonte importante de demanda agregada.

O resultado empírico mais surpreendente do estudo (o Brasil ficou de fora por falta de séries temporais suficientemente longas) é que em todos os países do G-20 o crescimento de 1% da parcela dos salários na renda tem um impacto positivo nas suas demandas domésticas (tanto em consumo quanto em investimento). Assim, a economia mundial vive um regime wage-led. Entretanto, uma vez levando em consideração a demanda externa, alguns países se encontram num regime profit-led, o que traz à tona temas relacionados ao chamado “dilema do prisioneiro”.

O aumento dos salários pode gerar crescimento da demanda e da produtividade, levando a círculos virtuosos. Uma recuperação puxada pelos salários pode aliviar os problemas globais que estão associados à elevação do endividamento das famílias, que recorrem a tal endividamento para manterem seus gastos em consumo. Tal moderação no crescimento dos salários está ligada às novas políticas mercantilistas.

Marc Lavoie discutirá também, de forma intuitiva, as razões que podem explicar porque outros pesquisadores chegam à existência de um número maior de regimes profit-led.

Local: BNDES - Av. República do Chile 330, Ed. Ventura - Torre Oeste, salas 901/902/903.

O evento é gratuito e precisa de inscrição prévia até o dia 2 de dezembro, a ser feita pelo email centro@centrocelsofurtado.org.br Na mensagem também devem ser informados: nome completo e número de documento com fotografia.

Atenção: Vagas limitadas e sujeitas a confirmação. A palestra será proferida em inglês, sem tradução simultânea.

Não é permitida a entrada no BNDES trajando bermuda, camiseta sem manga ou chinelo.

O Centro Celso Furtado enviará, posteriormente, os certificados de presença.